BLOG

Depósitos da poupança em junho superam saques em R$ 2,497 bi, diz Banco Central

O Banco Central informou nesta quinta-feira (4) que, em junho, os depósitos da caderneta de poupança superaram os saques em R$ 2,497 bilhões.

De acordo com a autoridade monetária, nos seis primeiros meses deste ano, a poupança acumula, ao todo, resultado negativo, com os saques superando os depósitos em R$ 14,499 bilhões.

Junho, ainda segundo o Banco Central, foi o segundo mês do ano em que os depósitos superaram os saques. O outro mês de resultado positivo no ano foi março, quando os depósitos superaram os saques em R$ 1,852 bilhão.

O BC informou que o estoque dos valores depositados, ou seja, o volume total aplicado na poupança, registrou aumento em junho.

Em maio, o saldo da poupança estava em R$ 795,160 bilhões. No mês seguinte, passou para R$ 800,647 bilhões.

Além dos depósitos e dos saques, os rendimentos creditados nas contas dos poupadores também são contabilizados no estoque da poupança. Em junho, os rendimentos somaram R$ 2,989 bilhões.

Atratividade da poupança

Apesar de ser o investimento mais conhecido entre os brasileiros, com a queda dos juros básicos da economia registrada até março de 2018 e a manutenção desde então da taxa Selic na mínima histórica de 6,5% ao ano, a caderneta de poupança passou a render menos.

Pela norma em vigor, há corte no rendimento da poupança sempre que a taxa Selic estiver abaixo de 8,5% ao ano. Nessa situação, a correção anual das cadernetas fica limitada a 70% da Selic, mais a Taxa Referencial, calculada pelo Banco Central.

Fonte: G1